Como Cultivar Orquídeas em 6 Passos

Conheça os 6 Passos fundamentais para saber Como Cultivar Orquídeas e ter Flores bonitas o ano todo.

Saiba que os passos estão relacionados ao bem estar de qualquer flor, em especial das orquídeas que apesar de causar a impressão de flores sensíveis ou

Neste momento você está diante de uma oportunidade única para aprender definitivamente como cuidar de orquídeas de maneira fácil, sem precisar de habilidades especiais, nem equipamentos caros de jardinagem ou dispor de muito tempo pra isso…

Como Cultivar Orquídeas em 6 Passos

Saiba os 6 Passos Fundamentais de Como Cultivar Orquídeas

1º Passo – AMBIENTE

Essas flores precisam da sombra e da umidade para se desenvolver. No Brasil, a maioria delas são epífitas, ou seja, elas crescem presas aos troncos das árvores, ambiente ideal para o seu desenvolvimento.

Quanto a claridade, são mais delicadas em relação à quantidade de luz. o Excesso, por exemplo,  deixa as Folhas amareladas ou até queimaduras. O ideal é receber luz em algumas horas do d

Assim como acontece com a nossa pele, o excesso de sol causa queimaduras, e por isso você deve escolher um local onde sua orquídea receba luz apenas durante algumas horas do dia, ou ainda um local em que a luz seja filtrada por barreiras, como folhas de árvores (assim como na natureza) ou filtros específicos para esse fim, que são telas que deixam passar apenas uma determinada quantidade de sol.

Você deve escolher um local onde sua orquídea receba luz apenas durante algumas horas do dia, de preferencia de forma indireta ou filtrada por árvores ou folhas

 2º Passo – Floração

Essa é uma questão muito polêmica, algumas pessoas acabam jogando fora orquídeas achando que não darão mais flores e isso não é verdade.

Saiba que a floração da maioria das orquídeas acontece apenas durante algumas semanas do ano, mas com os cuidados certos você pode fazê-las florescer todos os anos e com a duração certa.

Lembre-se que um dos fatores da ausência das flores, é a falta de luz. Experimente trocar a flor de lugar e acompanhar as floradas.

3º Passo – Crescimento

As Orquideas apresentam crescimento vertical e horizontal. Na vertical crescem para o alto, se alongando como o pé de milho. Orquídeas Vandas e Falenópsis são desse tipo.

Uma dica bacana para acelerar o crescimento de uma muda ou planta é optar por um fertilizante rico em nitrogênio. Ele é um elemento que estimula o crescimento e a brotação. Uma fórmula muito utilizada pelos orquidófilos nessa situação é a 30 10 10, que possui 30% de nitrogênio em sua formulação.

 4º Passo –  Flores

Saiba que as folhas podem ser usadas como Termômetro para as Orquídeas. E podem ajudar a solucionar um problema antes que ele se torne mais grave.

O tom ideal da folha é verde bem vivo. Caso estejam amareladas, fique em alerta que pode ser um sinal de excesso de sol. Já no caso de manchas circulares com tons de marrom (inclusive com bordas amareladas) ou anéis avermelhados podem ser sinal de doenças causadas por fungos.

 5º Passo – Substrato

Os substratos podem desempenhar 2 funções, a de fixar a planta e ser a base do seu crescimento, e também de abastecer as orquídeas com água e nutrientes.

Eles são compostos por diferentes tipos de materiais misturados, sendo em diferentes configurações e proporções, o substrato representa as mesmas condições que as orquídeas encontrariam em seu ambiente natural. Os materiais mais utilizados em substratos são:

Fibra de coco, muito utilizada pelo seu baixo custo;
Casca de pinus, que dá uma boa fixação à planta pela sua rugosidade;
Carvão, que é extremamente barato e tem uma boa retenção de água;
Pedras, que ajudam a drenar o excesso de água no fundo dos vasos;
Madeiras nobres, lascas de árvores em que as orquídeas vivem fixadas na natureza.

6º Passo – Vasos

O mercado tem diversos vasos para acomodar sua orquídea, mas fique atenta na escolha. Os principais  são os vasos de barro, de plástico e de madeira.

Todos são indicados para orquídeas. Claro que cada um tem suas vantagens e desvantagens, mas o fator decisivo será a sua disponibilidade para regar suas plantas.

Os vasos de plástico são mais indicados para quem não tem tempo para regar, pois eles retém a umidade por mais tempo e precisam ser regados com menos frequência.

Manual Como Cuidar de Orquideas Funciona

Neste momento você está diante de uma oportunidade única para aprender definitivamente como cuidar de orquídeas de maneira fácil, sem precisar de habilidades especiais, nem equipamentos caros de jardinagem ou dispor de muito tempo pra isso…

Você está prestes a descobrir como os Orquidófilos Mais Experientes cuidam das Orquídeas e identificam pragas e doenças, resultando em orquídeas lindas e super saudáveis dignas de exposição.

Todos se encantarão ao verem suas flores lindas e exuberantes…

 

Não deixe de conferir outros artigos que apresentamos sobre Orquídeas

Como Cultivar Orquídeas em 6 Passos
5 (100%) 3 votes